Seguir por Email

27 de out de 2011

Como o tempo passa....

Hoje a Duda, ou Madú, completaria 3 anos. Às vezes vejo crianças na rua, em restaurantes, em festas, e fico imaginando como ela estaria. Se teria os cabelos lisos como o meu, a cor dos olhos, se seria mais magrinha, ou mais fortinha, se seria tagarela como a mãe, ou mais séria, se pareceria comigo ou com o pai... Mas hoje é um pensamento menos dolorido. Uma saudade nostálgica sim, mas com menos sofrimento. Quero celebrar a vida hoje, lembrar do quanto foi bom passar os curtos momentos com ela, do quanto valeu a pena esperar, do quanto foi bom ouvir seu chorinho ao nascer.
Tenho a certeza de que ela intercede por esta família que a ama e sabe que um dia nos encontraremos . Maria Eduarda dos Reis Henrique, a mamãe e o papai te amam muito!

7 comentários:

  1. Ela nasceu tao forte! :)
    Misterios de Deus... que bela licao vcs estao passando adiante. Parabens pela forca e coragem!

    ResponderExcluir
  2. Eu tbm tive uma filha Julya Aiko,que viveu por 1 ano e 5 meses,e depois foi morar com Deus.Sempre me pego com os mesmos pensamentos que vc,basta eu ver uma menininha com a mesma idade que ela teria,que me lembro do meu amor! Mas ainda bem que o nosso amor pelos anjinhos que Deus nos deu,e eterno! Um abraco pra vc!


    Liliane

    ResponderExcluir
  3. Sou estudante do ESDE (Ensino Sistematizado da Doutrina Espírita. Já abordamos esse tema em aula, e pra mim, não imposta o tempo em que uma criança participe da sua vida, nem como ela tenha vindo, em que condições físicas ou mental. Tudo e toda situação é importante para evolução dos que vão e dos que ficam também. O importante foi como você a recebeu e o quanto ela conseguiu te passar, o quanto ela foi importante para o seu crescimento como ser humano. Parabéns pela sua luz.

    ResponderExcluir
  4. Kellen, que linda sua atitude!! Fico orgulhosa de ter uma amiga assim, tão doce, mesmo que distante. Um coração maravilhoso. Te desejo toda felicidade do mundo, hoje e sempre querida!! Fiquem com Deus!! Grande beijo
    Rosimara

    ResponderExcluir
  5. ola Kellen, li um pouco da sua historia, vc com certeza é uma mamae especial!
    Eu tambem tive uma filha com anencefalia, fazem 8 meses que ela nasceu, e viveu apenas 30 minutos, assim como voce eu a amei, e a amo com todas as minhas forcas! A vida sempre vale a pena!..de uma olhada no meu blog! bju grande http://minhaprincesaanalouise.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Kellen, Deus lhe pague por seu testemunho!Mantenha-se na fidelidade à Deus e à Santa Igreja, e que nos encontremos, por Misericórdia Divina - senão enquanto peregrinamos nesse vale de lágrimas - na eternidade, com a Duda, Santa Maria, modelo de virtude, e todos os santos e anjos de Deus. Não deixe de combater o bom combate... Guarde a Fé. E que tudo o que vivemos seja para a maior Honra de Deus. Una suas dores às dores de Cristo e carrega sua Cruz com a viva esperança da Ressurreição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! Suas palavras são fortificantes para nossa fé! Muito obrigada!! Deus o (a) abençoe!!

      Excluir

Querido (a) leitor (a),
Você é muito bem vindo neste blog, mesmo que não concorde com o que lê aqui. No entanto peço que seja respeitoso ao incluir o seu comentário. Reforço que não concordamos com todas as mensagens deixadas no painel, que visa ser uma ferramenta de auxílio à famílias que passam pela mesma situação.
Qualquer outro contato pode ser feito pelo e-mail: kellenreis.tv@gmail.com
Obrigada.